foram cardos foram prosas

quinta-feira, dezembro 31, 2009 à(s) 01:06




Não foram poemas nem rosas
Que colheste no meu colo
Foram cardos foram prosas
Arrancados ao meu solo

Será que ainda me queres
No amor que ainda fazemos
Dá-me um sinal se puderes
Sejamos amantes supremos

Será sempre a subir
Ao cimo de ti
Só para te sentir
Será no alto de mim
Que um corpo só
Exalta o seu fim

musica-ritual tejo-foram cardos foram prosas

2 Sentimentos

  1. Cesar Says:

    Brincando no carro dos meus dedos, cheguei a voçe...feliz aninovo pois...
    Incitantes relatos, incitantes fotografías..

  2. Luna Says:

    2010 esplendoroso.
    Cheio de glamour e amor.
    Baci